Comentários sobre a prova de Direito do Trabalho – 2ª fase do XXII Exame de Ordem

Direito do TrabalhoDireito do Trabalho e Processo do trabalho

GABARITO

Por Leandro Alencar

 

Questão 1.

a) Apenas João poderia ser dispensado, tendo em vista que não tem estabilidade, nos termos da Súmula nº 369, V do TST. Paulo tem estabilidade, nos termos do art. 8º, VIII da CF.

b) Poderia requerer a conversão da reintegração em indenização, nos termos da Súmula nº 396, II do TST e art. 496 da CLT.

 

Questão 2.

a) Considerando que em ação rescisória necessita da presença de advogado, nos termos da Súmula nº 425 do TST, não há viabilidade da demanda. Nesse caso, o jus postulandi não poderá ser exercido.

 

b) A Súmula nº 219, II do TST aponta que é devido o pagamento de honorários advocatícios em ação rescisória no processo do trabalho.

Nesse caso, nos termos do item IV da respectiva súmula, aplicar-se-á o regramento dos arts. 85, 86, 87 e 90 do CPC no que tange aos honorários sucumbenciais.

 

Questão 3.

a)     A medida judicial cabível é a interposição de Recurso de Revista, nos termos do art. 896 da CLT.

b)    A tese a ser sustentada é a impossibilidade de cumulação dos adicionais, nos termos do art. 193, §2º da CLT.

 

Questão 4.

 a) Considerando que greve é hipótese de suspensão do contrato de trabalho, nos termos do art. 7º, “caput” da Lei nº 7.783/89, não haverá pagamento de salário, no período da greve, para aqueles que aderirem ao movimento.

 

b) A própria Lei de Greve (7.783/89), em seu art. 17, veda esse tipo de conduta do empregador. Havendo lockout, tornará uma hipótese de interrupção do contrato, passando os trabalhadores a terem direito ao recebimento dos salários. (Art. 722, §3º da CLT)

 

 


Leandro-AlencarLeandro Alencar – Graduado em Direito, especialista em Direito e Processo do Trabalho pelo Instituto Brasiliense de Direito Público – IDP, com atualização em Direito e Processo do Trabalho em cursos livres; Professor do curso Prática Trabalhista, Pesquisador em diversos temas do Direito do Trabalho, inclusive trabalho infantil, discriminação no ambiente de trabalho e precarização da relação empregatícia.

 

 


 

 

Estude conosco e tenha a melhor preparação para o XXIII Exame de Ordem!
matricule-se 3

O Gran Cursos Online desenvolveu o Projeto Exame de Ordem focado na aprovação dos bacharéis em Direito no Exame Nacional da Ordem dos Advogados do Brasil. A renomada equipe de professores, formada por mestres, doutores, delegados, defensores públicos, promotores de justiça e especialistas em Direito, preparou um método online que dará o apoio necessário para o estudante se preparar e conseguir a aprovação. O curso proporciona ao candidato uma preparação efetiva por meio de videoaulas com abordagem teórica, confecção de peças jurídicas e resolução de questões subjetivas. É a oportunidade ideal para aqueles que buscam uma preparação completa e a tão sonhada carteira vermelha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *