OAB não anula nada e se anula. Por: Marcelo Borsio

Por: Projeto Exame de Ordem | Cursos Online

OAB não anula nada e se anula

A FGV e a OAB decidiram não anular nenhuma questão do Exame de Ordem apesar dos milhares recursos às variadas questões com problemas formais e materiais.

Lembram-se que havia pontos grosseiros e até com mais de uma resposta em questões problemáticas.

Nada foi feito. E olha que a pressão foi grande. Falamos aqui que o Exame ficou mais difícil. Falamos aqui que teríamos e teremos que encarar essa nova fase. Falamos aqui que a FGV deveria impor melhores e mais objetivos critérios e itens – um a um – das disciplinas – listando o que pretende avaliar (como em concurso).

Veja que em recente edital para Juiz Federal Substituto da 1ª Região (TRF1), como por exemplo, em Direito Constitucional, há verdadeira explanação do que será cobrado.

 

E no edital do Exame de Ordem esse elenco de temas e subtemas não vem sendo publicado, causando maior angústia nos alunos.

O que estudar dentro do TUDO? Quais das quase 8 mil leis?

E com o silêncio da FGV/OAB em não anulações, as Instituições estão se anulando moralmente, tecnicamente e honestamente.

Moralmente porque deixam de ser transparentes no edital. Trata-se do VALE TUDO! Se você não sabe para onde vai, qualquer lugar serve…

Tecnicamente porque fez pesada vista grossa, novamente e como sempre, a algumas questões equivocadas e com erros.

Honestamente porque agindo assim, deixa de ter lisura nas suas condutas e procedimentos. Decidem imperiosamente e acabou.

Engulam, candidatos! Sabe-se que a Justiça não entra no mérito das questões! Pronto, acabou! Não há para quem chorar…

Esse país está mudando, senhores avaliadores! Não há mais espaço para arbitrariedades e coronelismos. É chegada a hora da Autarquia que promove e peticiona justiça, promovê-la em sua própria casa, no seu próprio Exame.

No mais, vivamos com esses tristes antagonismos e busquemos melhor preparação para o XXIV Exame.

Se há quem se anula, sigamos a trilha do caráter e da honra para vencer nesse país recheado de injustiças e desmandos.

Bons estudos.

Silêncio…

Prof. Marcelo Borsio

Coordenador do Projeto Exame de Ordem e Científico Geral dos Preparatórios Jurídicos


Marcelo Borsio – Delegado da Polícia Federal. Possui graduação em Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, é mestre e doutor em Direito Previdenciário pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Pós-Doutor em Direito da Seguridade Social pela Universidade Complutense de Madrid. Especialista em Direito Tributário pela PUC-SP. Autor de algumas obras no tema, inclusive com o Prof° Luiz Flávio Gomes, palestrante pelo país, professor e coordenador de Pós-Graduação de Direito Previdenciário e da Prática Previdenciária. Coordenador Pedagógico do Projeto Exame de Ordem. 

 

 


 

2ª Fase da OAB é no Projeto Exame de Ordem!! Matricule-se!
matricule-se 3

O Gran Cursos Online desenvolveu o Projeto Exame de Ordem focado na aprovação dos bacharéis em Direito no Exame Nacional da Ordem dos Advogados do Brasil. A renomada equipe de professores, formada por mestres, doutores, delegados, defensores públicos, promotores de justiça e especialistas em Direito, preparou um método online que dará o apoio necessário para o estudante se preparar e conseguir a aprovação. O curso proporciona ao candidato uma preparação efetiva por meio de videoaulas com abordagem teórica, confecção de peças jurídicas e resolução de questões subjetivas. É a oportunidade ideal para aqueles que buscam uma preparação completa e a tão sonhada carteira vermelha.

One Response
  1. Nós bacharéis estamos cansados com o escárnio da OAB. Ficamos nos humilhando em escritório de advocacia prestando serviços autônomos sem garantias trabalhistas e direitos constitucionais. A prova da OAB deveria ser justa, uma vez que a instituição preza pela lisura dos seus atos, deveria tratar as pessoas que dedicaram seis longos anos da sua vida e disprenderam enormes recursos financeiros em busca de ima vida mais digna, com mais respeito É o minimo que se espera dessa instituicao.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *